sexta-feira, 1 de julho de 2011

O medo é uma linha que separa o mundo.

Não tenho medo da morte, pois ela é nossa única certeza na vida.
Não tenho medo da vida, pois Deus, a ciência e meus pais,  não me dariam um monstro.
Não tenho medo do homem, pois o homem é fraco.

Eu tenho medo do tempo.
O tempo não volta, o tempo vai. O tempo não te espera. 

E o tempo perdido, é o pior tempo que existe.

Nenhum comentário:

Postar um comentário